A carregar...

VIAGEM CULTURAL À ÍNDIA

14 a 26 Janeiro 2020
Um périplo pelas maravilhas da Índia, incluindo o Taj Mahal, os ghats sagrados de Varanasi ou os templos de Deli.

VIAGEM CULTURAL À ÍNDIA

A viagem será acompanhada por Shiv Kumar Singh, Professor Universitário de Culturas da Índia e Hindi na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL) desde 2008. Especialista em sânscrito e outras disciplinas de Estudos Asiáticos e coordenador do Centro de Estudos Indianos da FLUL, Shiv Kumar Singh vai enriquecer esta experiência de contacto com a cultura indiana, seus monumentos, tradições e vivências.


Um périplo pelas maravilhas da Índia, incluindo o Taj Mahal, os ghats sagrados de Varanasi, os monumentos budistas de Sarnath, Bodhgaya e Rajgir ou a arquitectura de Deli.

PROGRAMA
1º dia (14 janeiro) Terça feira:  Lisboa / Dubai

2º dia (15 janeiro) quarta feira  - Dubai / Deli
Chegada a Nova Delhi
De tarde | Visita de Nova Deli, visita pela nova Capital desenhada por Sir Edward Lutyens. Passagem pelo Palácio Presidencial e os edifícios dos Ministérios - o centro de toda a atividade governamental. No final da avenida principal, teremos o impressionante arco em memória aos soldados que pereceram na primeira guerra mundial, a chamada Porta da Índia (India Gate), Qutub Minar, com 72 metros de altura, e as ruínas da mesquita Quwat-ul-Eslam.

3º dia (16 janeiro) quinta feira -  Deli/ Agra (percurso de autocarro)  
Chegada a Agra, cuja fundação como capital imperial se perde no tempo. Situada nas margens do rio Yamuna, Agra mantém a estrutura de uma cidade medieval, com ruas estreitas e um comércio local fervilhante. Visita ao mais emblemático monumento da Índia, o Taj Mahal, construído em memória da Imperatriz Mumtaz Mahal.
Visita do Forte de Agra, cuja construção foi iniciada pelo Imperador Akbar em 1565 e continuou até aos tempos de Shahjahan. As sua muralhas duplas com 20 metros de altura, de pedra vermelha espalham-se por 2.5 Kms, dominando a margem do rio Yamuna a noroeste do Taj Mahal. O complexo é reconhecido pela sua arquitectura Hindu e estilo arquitetónico da Ásia central. No seu interior temos o Diwan-i-Am (a sala das audiências públicas ), o Diwan-i-Khas (a sala de audiência privada), o Palácio Khas (o palácio privado) , o Sheesh Mahal (o palácio dos Espelhos), o Shah Jahani Mahal (o palácio Shahjahan’s), Jahangiri Mahal (o palácio Jahangir) e o Akbari Mahal (o palácio Akbar). Nas traseiras do Diwan-i-Khas uma porta dá para Mussaman Burj, um pavilhão onde Shahjahan esteve preso pelo seu filho Aurangzeb. Regresso ao hotel. Jantar e alojamento.
 
4º dia (17 janeiro) sexta-feira -  Agra/ Lucknow (percurso de autocarro)
Chegada a Lucknow, cidade multicultural e capital do estado de Uttar Pradesh.
Da parte da tarde, passagem por Rumi Darwaza.
Visita a Bara Imambara, também conhecido como Asfi Imambara. Acredita-se que a construção deste grande edifício tenha sido iniciada em 1785. O Imambara é conhecido principalmente pelo seu labirinto, Bhul Bhulaiya, localizado no andar superior do monumento. O Bara Imambara tem um estilo único de construção, o salão central é considerado o maior salão arqueado do mundo, mede 50 metros de comprimento e chega a uma altura de 15 metros. Todo o edifício é feito de tijolos Lakhanui, não tendo qualquer madeira ou metal sido usados na construção (exceto para as galerias no interior). Continuação para Husainabad Immambara, e Asafuddaula Immambara. Visita à British Residency, que foi palco de eventos dramáticos durante a primeira guerra da independência em 1857, também conhecido como Cerco de Lucknow.


5º dia (18 janeiro) sábado - Lucknow/ Varanasi (percurso de autocarro)
À tarde, visita ao Templo Bharat Mata, dedicado à Mãe Índia, sendo um símbolo da unidade da nação. Foi inaugurado por Mahatma Gandhi, em 1936, e, em vez de várias imagens de deuses e deusas, o local tem um mapa em alto-relevo do país, esculpido em mármore.
Passeio em rickshaw por Varanasi a fim de testemunhar a cerimónia “Aarti” (ritual de oração hindu, no rio Ganges, durante o pôr do sol). Passagem pelo movimentado bazar na cidade velha.


6º dia (19 janeiro) domingo -  Varanasi
Passeio de barco pelo rio Ganges. Desde as primeiras horas da manhã que os Ghats do rio Ganges recebem crentes de todas as partes da Índia. Ghat é o nome dado às escadarias que conduzem ao rio, cada uma delas tem um significado e muitos dos prédios antigos que as marginam pertenceram a famílias tradicionais indianas. Dasaswamedh Ghat, conhecida como a ghat dos dez cavalos sacrificados; Manikarnika Ghat, uma das mais sagradas de Varanasi, simboliza a criação e a destruição.
Depois do passeio de barco, passagem pela Mesquita Gyanwapi e Templo de Kashi Vishwanath, dedicado ao Deus Shiva e popularmente conhecido como o Templo Dourado (em tempos, a cobertura dourada da flecha do templo empregou uma tonelada de ouro doada pelo marajá Ranjit Singh).

Passagem pela Universidade Hindu de Varanasi, um importante local da educação oriental. Visita a Shri Vishwanath , localizado no centro da universidade e um dos mais importantes templos hindus, dedicado ao deus Shiva. A biblioteca Sayaji Rao Gaekwada, maior biblioteca do campus universitário, contem mais de 13 milhões de livros.

Da parte da tarde, visita a Sarnath, um dos locais sagrados do Budismo, onde se crê que Buda tenha vindo depois de atingir a iluminação. Visita a Dhamek Stupa, um túmulo pré-budista apontado como o local onde Buda, após ter atingido a iluminação em Bodhgaya, deu o primeiro sermão a cinco discípulos, dando início à propagação da mensagem que originou uma das principais religiões do mundo. Visita às ruínas do templo Mulagandhakuti Vihara.


7º dia (20 janeiro, segundo feira) Varanasi/ Jaunpur / Varanasi 
Visita à vila tradicional de Jaunpur. 


8º dia (21 de janeiro terça-feira) Varanasi/ Bodhgaya (percurso de autocarro)
Chegada a Bodhgaya, uma das quatro principais cidades do budismo, o lugar onde Sidhartha Gautama (o Buda) chegou à iluminação. 
Da parte da tarde, visita à cidade, que conta um elevado número de templos budistas. O principal local de peregrinação é o Templo de Mahabodhi, que possui uma torre de 50 metros, construída em forma de pirâmide. O templo foi erguido no século II a.C., mas sofreu numerosas modificações. Na sua proximidade encontra-se a ‘Árvore da Sabedoria’, ou melhor, uma sua sucessora, uma enorme figueira, junto à qual Buda atingiu a iluminação.


9º dia (22 janeiro quarta-feira)  Bodhgaya/ Patna ( percurso de autocarro  )

Visita às ruínas de Nalanda. Nalanda foi um centro de estudos budistas do século V ao século XII. A destruição de Nalanda assim como de templos e mosteiros no norte da Índia, onde havia centros de estudos, é considerado por vários historiadores como a causa do súbito desaparecimento do antigo pensamento científico indiano na matemática, astronomia, alquimia e anatomia. Em 1951, um moderno centro de estudos budistas Pali (Theravada) foi fundado perto de Nalanda, o Nava Nalanda Mahavihara. Continuação da vaigem para Rajgir. 
Rajgir é sagrada para os fundadores do budismo e do jainismo. Foi aqui que o buda Gautama passou vários meses a meditar, onde deu famosos sermões e converteu o rei Bimbisara de Mágada, entre outos.    Visita também à Caverna Saptaparni no monte Vaibhara. O primeiro concílio budista foi realizado aqui, e foi também aqui que os ensinamentos de Buda foram escritos pela primeira vez. Visita a Vishwa Shanti Stupa & Venuvana, o bosque de bambu onde Buda passou algum tempo.

10º dia (23 janeiro, quinta-feira)  Patna/ Deli

De manhã, visita a Patna, capital dos impérios Mauryans, Gupta, Pala e de Sher Shah Suri, sendo assim um dos antigos centros de poder na Índia. Visita às extensas escavações arqueológicas de Pataliputra (antiga designação de Patna), ao Museu de Patna com pergaminhos chineses e tibetanos, raras estatuetas de terracota, escultura e pintura; e Golghar, um edifício em forma de colmeia, com 29 metros de altura e uma escada espiral externa, que oferece uma vista privilegiada sobre o rio Ganges.
Partida para Deli.

11º dia (24 janeiro, sexta-feira) - Deli
Início das visitas a “Velha Deli”, incluindo o magnífico Forte Vermelho, impressionante cidadela construída à beira do rio; a Mesquita de Jama Masjid, a mais elegante mesquita da Índia; o Raj Ghat, de linhas simples como o homem que o inspirou, Ghandi, e onde foi cremado; a movimentada Chandni Chowk, principal artéria comercial da cidade. Passeio em rickshaw por Velha Deli. 
À tarde, visita a Templo Laxmi Narayan (um Templo Hindu moderno). O Laxmi Narayan, também conhecido por Templo de Birla, é uma das grandes atracções de Deli. Diz a lenda que o desenho do Taj Mahal foi inspirado nele, e há mesmo quem defenda que o iguala ou supera em beleza.

12º dia ( 25 janeiro, sábado) - Deli
Da parte da manhã, visita ao complexo de templos Akshardham. O templo Swaminarayan Akshardham de Deli, inaugurado em 2005 e contruído em apenas 5 anos com a ajuda de um exército de 11 mil voluntários e artesãos. Foi construído para cumprir o desejo de Brahmaswarup Yogiji Maharaj em 1968, em ver "um templo construído nas margens do rio Yamuna". Este desejo só veio a ser concretizado pelo seu sucessor e actual líder espiritual Pramukh Swami Maharaj. A construção é feita em mármore branco e arenito rosa, sem recurso a cimento armado. O templo principal tem 234 pilares minuciosamente esculpidos do chão até ao tecto.  Continuação das visitas por Connaught Place e Janpath street, em Velha Deli.

13º dia ( 26 janeiro, domingo)  Dubai/Lisboa
Regresso a Lisboa, via Dubai


 


  Preços por pessoa
  em Euros  (sem vistos)  
 Programa Base
15 - 20 pessoas

 Programa Base

21 - 25 pessoas

Programa Base

26 - 30 pessoas

Programa Base

Mais de 31 pessoas


Em quarto duplo  3.230 €
  3.025 €
 2.860 € 2.770 €

Suplemento por quarto individual

  756 €  



Hotéis previstos ou similares:



 Cidade Hoteis  quarto Nr.de noites

 Deli
 Le Meridien/5 * ou similar 01

 Agra
 Courtyard by Marriott/5* ou similar  01

 Lucknow
 Hilton Garden Inn/ 4* ou similar 01

 Varanasi 
 Taj Gateway/5* ou similar
 03

 Gaya  
 Oaks/ 4* ou similar
  01

 Patna
 Lemon Tree Premier/ 4* ou similar  01

 Delhi
 Le Meridien/5* ou similar 02

 

O programa base inclui:

  • Voos Intercontinentais Lisboa/Deli/Lisboa com franquia de 30 kgs de bagagem de porão em classe turistica;
  • Vôo interno Patna / Delhi com franquia de 15 kgs bagagem de porão;(sujeito a alteração ate a data da reserva) em classe turística;
  • Taxas de Aeroporto, segurança e combustível (sujeitos a alteração por parte das companhias aéreas);
  • Transportes entre aeroportos e hotéis e vice-versa;
  • Estadia de 10 noites em hotéis conforme tipo de hotel selecionado;
  • Regime de pensão completa conforme se indica no presente programa;
  • Circuito em autocarro privativo com ar condicionado;
  • Guia local em língua espanhola desde a chegada a Delhi no dia 2 até a partida de Delhi;
  • Cycle rickshaw ride em Delhi at Juma Mosque
  • 02 garrafas de agua no autocarro por pessoa por dia
  • Entradas conforme indicado no itinerario;
  • Seguro de viagem.
  • Acompanhamento por parte da PTEAM desde e até ao Aeroporto de Lisboa


O programa base não inclui:

  • Vistos de entrada na India;
  • Quaisquer bebidas às refeições ou for a das refeições;
  • Quaisquer extras de carater pessoal (serviço e consume no quarto do hotel, menus especiais etc) e tudo o que não estiver devidamente especificado no presente programa;
  • Bagageiros nos aeroportos e hotéis;
  • Gratificações a guias e motoristas
  • Excesso de bagagem nos transportes aéreos
  • Documentação pessoal necessária para viagem:


INFORMAÇÕES ADICIONAIS;
Necessário Passaporte com data de validade após 6 meses da data de regresso da viagem;
Necessário visto de entrada na India

DATA LIMITE INSCRIÇÃO:  30 DE OUTUBRO DE 2019
 
CONDIÇÕES DE CANCELAMENTO
Por se tratar de uma viagem de grupo, está sujeita a condições especiais de contratação, qualquer desistência por parte do cliente produzirá gastos de anulação sob o preço total da viagem, que serão os seguintes:

  • Até dia 30 de outubro isento de gastos
  • Entre 31 de outubro e 15 de novembro, 15% (quinze)
  • Entre 16 de novembro e  30 de novembro, 50% (cinquenta)
  • Entre 01 de dezembro  e 24 dezembro , 85% (oitenta e cinco)
  • Apartir de dia 25 dezembro , 100% (cem)


Inscrições na viagem serão aceites com os seguintes procedimentos:
No ato da inscrição entrega ficha inscrição juntamente com o pagamento por pessoa de 750,00€ como depósito, até 30 de Outubro de 2019;

  • Restante pagamento até 30 de Novembro de 2019


Os lugares serão reservados por rigorosa ordem de receção desta ficha de inscrição e respetivo pagamento do depósito.

Nota | no caso de adesão ao seguro de cancelamento e interrupção de viagem este deverá ser liquidado no momento da inscrição.
Modalidades de pagamento | Transferência bancária IBAN PT 50 0010 0000 3663 4290 001 69

Inscrições e informações

PTeam | Avenida de Roma, 44—1ºF/E  1700-348 Lisboa | Tel.  217817700 | Telm.  913403765
| Isabel Martins im@pteam.pt | Marta Ferreira mf@pteam.pt